sábado, 6 de outubro de 2012

Farisaísmo pessoal


Como se não bastasse Isamar tentou desviar a atenção da Igreja nesta eleições




Tá mais que comprovado que Isamar Pessoa Ramalho, pessoa pública no meio político, mídia nacional e por seus escândalos envolvendo apropriação indébita de 430 mil dos fiéis da Igreja Assembleia de Deus é caçador de poder.

Mesmo contrariando o Estatuto da Igreja, vejamos aqui uma lista no seus artigos: Art. 15, Art. 18, Art. 19, Art. 23, Art. 24, I e II, Art. 29, VIII e XII, Art. 30, II, IV e V, Art. 60, Art. 66 e contra a Bíblia Sagrada, conforme o que está escrito em: Mt 18:15, I Ts 5:13 e 22, Am 3:3 e 10, Ap 22:15, mas não para por ai, ele contraria as Leis deste país tais como: Lei 4729 e Código penal, Lei 7.998/90, mas o mais recente é no seu artigo 53do Estatuto da Igreja quando diz: Aos Pastores e obreiro em exercício é vedada a participação em qualquer atividade política ou partidária, traduzindo o artigo 53: pastores e obreiros são proibido de associar, anunciar, ter parte ou tomar parte em atividade política partidária.
Por todos estes desrespeitos e desmandos praticados por este que se diz ser PASTOR (grego: Pomein aquele que cuida das ovelhas) é que vem tentando usurpar da fé de muitos fiéis; na semana que antecedeu as eleições foram distribuídos folhetos com descrição “CARTA CIRCULAR”  veja o que ele pede:

Transcrição feita da carta com assinatura original de Isamar
Ainda mais, documento contendo pesquisa sobre a candidata de Isamar Pessoa Ramalho teria sido lido nos púlpitos das congregações (domingo pela manhã), segundo intuito era para conscientizar que os demais candidatos da igreja não teria chance! 


Não se preocupa, o caso esta sendo analisado 
     

2 comentários:

Anônimo disse...

Para mim, não existe versículo da bíblia sagrada que se encaixe mais perfeitamente neste sujeito, do que este:
"E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição. E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade. E POR AVAREZA FARÃO DE VÓS NEGÓCIO COM PALAVRAS FINGIDAS; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita." www.geracaodafigueira.blogspot.com

EKKLESIAEVANGELION disse...

Isamar Pessoa Ramalho tenta a força com suas palavras de pulpito dibrar atenção espiritual da igreja. Com suas lavagens celebral tenta de todas as formas tirar o sim dos fieis, ou seja "amém"; mas a igreja deve agir como descreve em I Corintios 5.11,13